Coisas de Abrantes, da comunicação e o que mais se verá. Receptivo a comentários desde que respeitadores.
Segunda-feira, 20.07.09

"Escrever é usar as palavras que se guardam: se tu falares de mais, já não escreves, porque não te resta nada para dizer."

 

"Tudo o que se diz de desnecessário é estupido, é um sinal destes tempos estúpidos, em que falamos mais do que entendemos."

 

Acabei de ler Miguel Sousa Tavares, "No teu deserto". Recomendo!

Que forma fantástica de utilizar as palavras.

Deslumbrada, mas não, não escrevo cartas. De resto, não me lembro de algum dia ter escrito alguma. Embora escreva e ame as plavras.

 

Não se esqueçam de ler este "quase romance" do Sousa Tavares.

publicado por ruadabarca às 02:43 | link do post | comentar | favorito
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
17
18
19
21
23
24
26
27
28
29
30
31
comentários recentes
Olá Fernanda!Acerca deste tema gostava apenas de d...
Sobre este museu e as suas colecções, por enquanto...
Gostava de divulgar o que se tem dito um pouco por...
Obrigado pelo elogio ... Com os melhores cumprimen...
Caro SenhorGostava de lhe dar a conhecer outros as...
Posts mais comentados
1 comentário
1 comentário
blogs SAPO